História

O inferno em Serra Pelada, 1980

Serra Pelada foi a maior mina de ouro do Brasil, localizada a 430 km da foz do Rio Amazonas. Em 1979, uma criança nadando nas margens de um rio local encontrou uma pepita de ouro de 6 gramas. Logo a notícia vazou e ao final daquela semana a corrida do ouro começou. Durante o início da década de 1980, dezenas de milhares de garimpeiros afluíram em Serra Pelada, que em seu auge ficou conhecida não apenas como a maior mina a céu aberto no mundo, como também a mais violenta.

The hell of Sierra Pelada mines, 1980s 1
Serra Pelada foi a maior mina de ouro do Brasil.

No início das explorações, só era possível chegar ao remoto local de avião ou a pé. Muitas vezes, os mineiros pagavam valores exorbitantes para táxis os levarem da cidade mais próxima ao ponto limite onde os carros conseguiam trafegar; de lá, eles precisavam andar mais 15 km para chegar ao garimpo. Nesse período, enormes pepitas foram encontradas, a maior pesava aproximadamente 6.8 Kg, custando US$180.000,00 (cento e oitenta mil dólares), o que com correção monetária equivaleria a US$310.000,00 (trezentos e 10 mil dólares), ou mais de R$1.000.000,00 (um milhão de reais). Durante o auge da corrida do ouro, a mina era conhecida pelas condições de trabalho terríveis, enquanto a cidade que surgiu ao lado ganhou fama por causa de homicídios e prostituição.

 

O fotografo brasileiro Sebastião Salgado viajou até a mina de Serra Pelada, capturando algumas imagens inesquecíveis das pessoas que lá trabalhavam, destacando a loucura e o caos de suas atividades. Uma de suas citações mais famosas diz: “Cada pelo do meu corpo estava no limite. As pirâmides, a história da humanidade se desenrolava. Eu havia viajado para o início dos tempos”.

Essa é a descrição de Sebastião Salgado da mina durante uma entrevista em 1992:

Arrastados pelos ventos que insinuavam fortuna, os homens vêm para a mina de ouro de Serra Pelada. Ninguém é trazido a força, mas uma vez que chega, todos se tornam escravos do sonho do ouro e da necessidade de se manter vivo. Uma vez dentro, torna-se impossível sair.

Sempre que é encontrado ouro em uma seção, os homens que carregam as cargas de lama e areia têm, por lei, o direito de escolherem um dos sacos que eles trouxeram. E dentro eles podem encontrar fortuna e liberdade. Assim, suas vidas são uma sequência delirante de descidas para dentro da vasta espera e escalar para a borda da mina, carregando um saco de terra e a esperança de encontrar ouro.

Quem chega lá pela primeira vez confirma uma extraordinária e atormentadora visão do animal humano: 50.000 homens esculpidos pela lama e seus sonhos. Tudo que se pode ouvir são murmurinhos e gritos silenciosos, o raspar de pás impulsionadas por mãos humanas e nenhuma alusão a uma máquina. É o som do ouro ecoando através da alma de seus perseguidores.

Por trabalharem na lama, os garimpeiros ficaram conhecidos como “porcos de lama”.
Por trabalharem na lama, os garimpeiros ficaram conhecidos como “porcos de lama”.

 

Por conta da utilização de mercúrio no processo de extração o ouro, grandes áreas em volta da mina são consideradas perigosamente contaminadas.
Por conta da utilização de mercúrio no processo de extração do ouro, grandes áreas em volta da mina são consideradas perigosamente contaminadas.

 

A descoberta do ouro em Serra Pelada foi diferente de qualquer outra mina. Não havia evidência de que o metal valioso tinha sido formado de maneira “supergênica” (quando o ouro é enriquecido perto da superfície pela circulação da água da chuva). Até hoje, o processo de enriquecimento supergênico ainda é inexplicável. A hipótese mais aceita é que a água da chuva se misturou com a matéria orgânica em decomposição da floresta amazônica, tornado a água ácida. Esta água tornou-se então um ligante (uma espécie de tecido no qual o ouro se adere e é transportado) que, em seguida, penetrou o solo e, eventualmente, se acumulou para formar uma zona de ouro enriquecido. Algumas das maiores pepitas de ouro do mundo foram formadas nessas áreas.

Nas imagens é possível ver um monte de áreas em blocos, isso porque foi concedido a cada mineiro um terreno de quatro metros quadrados para trabalhar. As pessoas só podiam cavar para baixo (até porque essa era a única tarefa possível). Isso era um risco para a segurança dos mineiros, porque eles não tinham como saber se a pessoa ao lado ainda estava viva e escavando para baixo em sua área. Se eles não estivessem cavando “em sincronia” e um começasse a escavar mais que o outro, a área se tornaria estruturalmente insegura e consequentemente desabaria, matando os trabalhadores em um nível mais baixo.

Durante o auge, a mina de Serra Pelada empregava cerca de 100.000 escavadores ou mineiros em condições desumanas, onde a violência, a morte e a prostituição estavam desenfreadas. Os trabalhadores que escavavam o solo no fundo do poço, enchiam cerca de dois sacos, que pesavam entre 30 e 60 kg, e em seguida os carregavam numa escada feita de cordas e madeira para o topo da mina, onde o material era peneirado. Por trabalharem na lama, os garimpeiros ficaram conhecidos como “porcos de lama”. Em média, os trabalhadores recebiam cerca de 20 centavos por saco transportado, com um bônus caso fosse encontrado ouro.

Três meses após o ouro ter sido descoberto em Serra Pelada, a força militar nacional assumiu as operações para impedir a exploração dos trabalhadores, além do conflito entre os mineiros e os proprietários de terra. Antes de os militares assumirem o controle dos bens de consumo básicos, estes eram vendidos por preços extremamente inflacionados; o litro da água custava cerca de Cr$ 1.500,00 (cruzeiros), que hoje seria algo em torno de R$ 28,00 (2016). O governo concordou em comprar todo o ouro encontrado pelos garimpeiros por 75% do valor da LDM (London Metal Exchange). Pouco menos de 45 toneladas de ouro foram identificadas oficialmente, mas estima-se que 90% de todo o ouro encontrado em Serra Pelada tenha sido contrabandeado longe dali. Usando valores atuais, toda essa quantidade equivaleria a aproximadamente 1,5 bilhões de dólares (ou mais de 4,5 bilhões de reais).

Enquanto o governo militar proibia as mulheres e o álcool na mina, a cidade vizinha se tornou uma “loja de prostitutas”. Milhares de meninas menores de idade se prostituíram por pequenas lascas de ouro, ao mesmo tempo que cerca de 60 a 80 assassinatos não resolvidos ocorriam na cidade a cada mês.

Durante o auge, a mina de Serra Pelada empregava cerca de 100.000 escavadores.
Durante o auge, a mina de Serra Pelada empregava cerca de 100.000 escavadores.

 

Em média, os trabalhadores recebiam cerca de 20 centavos por saco transportado.
Em média, os trabalhadores recebiam cerca de 20 centavos por saco transportado.

 

Eles trabalhavam em condições terríveis.
Eles trabalhavam em condições terríveis.

 

Três meses após o ouro ter sido descoberto em Serra Pelada, a força militar nacional assumiu as operações para impedir a exploração dos trabalhadores.
Três meses após o ouro ter sido descoberto em Serra Pelada, a força militar nacional assumiu as operações para impedir a exploração dos trabalhadores.

 

O governo concordou em comprar todo o ouro encontrado pelos garimpeiros por 75 por cento do valor da LDM (London Metal Exchange).
O governo concordou em comprar todo o ouro encontrado pelos garimpeiros por 75 por cento do valor da LDM (London Metal Exchange).

 

Oficialmente pouco menos de 45 toneladas de ouro foi identificado.
Oficialmente pouco menos de 45 toneladas de ouro foi identificado.

 

Fatos interessantes: 

  • Rita Cadillac, famosa dançarina sexy da época, foi convidada para fazer um show em Serra Pelada para entreter os trabalhadores. Ela disse que estava com muito medo, porque era a única mulher em todo o local e não havia segurança. No show, houve um momento em que ela sentiu que não estava agradando, porque estavam atirando pedras contra ela. Só mais tarde ela percebeu que essas pedras eram, na verdade, de ouro.
  • Por conta da utilização de mercúrio no processo de extração do ouro, grandes áreas em volta da mina são consideradas perigosamente contaminadas. Pessoas que comem peixes do rio que corre mina abaixo têm níveis elevados de mercúrio no corpo.
  • A mineração precisou ser abandonada quando o poço ficou inundado, impedindo uma maior exploração do ouro no local. Levantamentos geológicos estimam que ainda pode haver de 20 a 50 toneladas de ouro enterrado sob o lago lamacento, o que a mina se tornou.
  • O filme Powaqqatsi, de 1988, começa com imagens da mina de Serra Pelada. Nas cenas iniciais, trabalhadores são vistos carregando sacos de terra até um certo local. No meio, são mostrados vários tiros fora da mina de Serra Pelada. Perto do final alguns trabalhadores estão carregando um homem que foi atingido por um saco que caiu enquanto os trabalhadores o carregava para cima.

Postagens Relacionadas

Veja também

Close