Ciência

Tardígrados: Esses animais viverão na Terra até o Sol morrer

Chega a ser irônico. Um ser microscópico é mais resistente que qualquer um de nós, humanos.

Nós já sabemos que os tardígrados – aquelas minúsculas criaturas de oito pernas – são tão feias quanto difíceis de morrer. Eles podem sobreviver por 30 anos em um freezer, viver no espaço e suportar temperaturas extremas. Para se ter uma ideia, eles resistem ao zero absoluto (-273,15 ºC), bem como efervescentes 150 ºC; até 1000 vezes a radiação que um ser humano pode suportar (5000 Gy); e a pressões de 6 mil atmosferas, o que equivale a 6 vezes a pressão da água oceânica mais profunda, a Fossa das Marianas.

Agora, um novo estudo pinta as coisas em tons ainda mais sombrios: Essas criaturas estarão por aqui quando não houver mais nenhum ser humano. Daqui há 10 bilhões de anos, eles sobreviverão até a morte do Sol.

No estudo, publicado pela Scientific Reports, os astrofísicos da Universidades de Oxford e Harvard calcularam a probabilidade de objetos no espaço colidirem com a Terra, fervendo os oceanos e matando tudo.

A descoberta chave, escrevem os cientistas, é que nenhum fenômeno espacial é suficientemente forte para secar completamente os oceanos, e assim os tardígrados podem se contentar com o que resta. Existem alguns asteroides conhecidos que podem acabar com tudo, mas nenhum deles deve atingir a Terra. Uma supernova poderia fazer o trabalho, mas provavelmente não vai explodir perto de nós. Também é improvável que rajadas de raios gama – que são ainda mais fortes do que as supernovas – extermine a raça dos bichinhos.

Chega a ser irônico. Um ser microscópico é mais resistente que qualquer um de nós. Como Carl Sagan relatou em seu icônico texto, Pálido Ponto Azul: “milhares de religiões, ideologias e doutrinas econômicas confiantes, cada caçador e coletor, cada herói e covarde, cada criador e destruidor da civilização, cada rei e camponês, […] cada ‘líder supremo’, cada santo e pecador na história da nossa espécie” viveu aqui [Planeta Terra] – em um grão de pó suspenso num raio de sol. Embora muitas pessoas ainda não tenham se dado conta, os seres humanos são criaturas delicadas e mudanças climáticas têm um alto poder de destruição – ou, pelo menos, tornar a vida quase insuportável -, mas os tardígrados só vão cair quando o Sol também se for.

Tardígrado representação gráfica
Tardígrado. Imagem: Katexic Publications
fonte: Scientific ReportsThe Verge

Adriano Pereira

Nascido em Ibotirama-Bahia, é o namorado da Bianca, curte automóveis, tecnologia e está sempre em busca de um bom livro para ler.