Imagem Astronômica do Dia

Nebulosa do Cone (15 de Março de 2017)

Estrelas estão se formando no gigantesco pilar de poeira conhecido como Nebulosa do Cone. Cones, pilares e formas majestosas são abundante em viveiros estelares onde nuvens de gás e poeira são golpeadas por ventos energéticos de estrelas recém-nascidas.

A Nebulosa do Cone, um exemplo conhecido, encontra-se dentro da região de formação de estrelas NGC 2264. O Cone foi capturado com detalhes sem precedentes neste close-up composto de diversas observações do Telescópio Espacial Hubble, na órbita de Terra. Enquanto toda a Nebulosa, a cerca de 2.500 anos-luz de distância em Monoceros, tem cerca de 7 anos-luz de tamanho, a região representada aqui em torno da cabeça do cone possui apenas 2,5 anos-luz de diâmetro. No pescoço da galáxia, essa distância é um pouco mais da metade da distância do nosso Sol até seus vizinhos estelares mais próximos no sistema de estrelas Alpha Centauri.

A estrela maciça NGC 2264 IRS, vista pela câmera infravermelha do Hubble em 1997, é a fonte provável do vento que esculpe a Nebulosa do Cone e encontra-se fora do alto da imagem. O véu avermelhado da é produzido pelo gás de hidrogênio brilhante.

fonte: Astronomy Picture of the Day - NASA

Adriano Pereira

Nascido em Ibotirama-Bahia, é o namorado da Bianca, curte automóveis, tecnologia e está sempre em busca de um bom livro para ler.

Postagens Relacionadas